Os Hebreus – História

Hebreu é o nome do povo que viveu no Oriente médio a partir do segundo milênio antes de Cristo, que deu origem aos povos semitas, como os árabes e dos israelitas.

Ao saírem de Ur, na Mesopotâmia em direção à Palestina (estreita faixa de terra entre a Fenícia, atual Líbano e o Egito) os hebreus dividiram-se em tribo, formadas por clãs. Os clãs eram constituídos por um patriarca, seus descendentes e servos. A economia baseava-se no pastoreio, evoluindo para a agricultura graças às terras do norte e as zonas montanhosas do sul da Palestina. Ficaram por três séculos na Palestina até que uma grande seca obrigou algumas tribos, sob a liderança do patriarca Jacó, a migrarem para o Egito.
Esse período de seca é retratado na lenda da luta de Baal Hadas com seu irmão Baal So, que ao libertar-se dos domínios da morte e da esterilidade traz a chuva de volta ao solo palestino.

Os hebreus que saíram da palestina em direção ao Egito, ficaram por lá por 400 anos. Fizeram aliança com os hicsos que invadiram e dominaram o Egito. Quando os hicsos foram expulsos do Egito os hebreus começaram a ser perseguidos com altas taxas de impostos para aqueles que possuíam renda, e escravizando os mais pobres que não poderiam pagar os impostos. Até o aparecimento de Moises que liderou o povo hebreu na marcha em direção a Canaã (a terra prometida), evento esse conhecido como o êxodo hebreu.

Depois de 400 anos vivendo no Egito, é provável que o retorno à Canaã seja visto como uma lenda por aqueles que partiram para o Egito em busca de solo fértil devido às invasões sofridas e os extensos períodos de seca da região.

Canaã é a antiga denominação da região correspondente à área do atual Estado de Israel, da Cisjordânia, da Jordânia ocidental, sul da Síria e sul do Líbano.

A cidade canaanita de Ugarit foi redescoberta em 1928 e muito do conhecimento moderno sobre os Cananeus advém das escavações arqueológicas naquela área.
Comparada aos desertos circundantes, a terra de Canaã era uma terra de fartura, onde havia uvas e outras frutas, azeitonas e mel, daí ter sido vista por Abraão - originário da região do atual Iraque - como a "Terra Prometida", "onde corre leite e mel".

Segundo a Bíblia, Canaã era a terra prometida por Deus ao seu povo, desde o chamado de Abrão (ou Abraão), que habitava a cidade Caldéia de Ur no sul da Mesopotâmia.

(Moises e o Decálogo)

Moises era filho de uma princesa Egipcia com um Hebreu, teve acesso a melhor educação e era considerado um erudito. Para os egipcios não era interessante a presença dos Hebreus em suas terras, já que era vistos como traídores.

Em escavações arqueológicas foi descoberto em Soleb, uma inscrição em uma das salas do templo de Amenhotep III, datada no século XIV a.C, que se refere a um povo nômade, e ao termo “iahuo”, identificada com o montanha do monte de Horeb ou Sinai e diz o seguinte: to sho-su iahuo” o que traduzido significa: país dos beduinos de Iahuo. Historiadores e arqueológos entendem que Iahuo era o local onde esse povo nômade vivia e que a grafia Iahuo (para os egípicios) pode ser a primeira representação do nome de Yavé (hebraíco). As inscrições falavam para ter cuidado com os beduinos de Iahuo.

A saída dos hebreus do Egito não foi uma fuga e sim um acordo entre Moises e o Faraó que permitiu sua retirada fornecendo o suporte necessário. Intrigas políticas, junto aos súditos do Faraó o fizeram rever sua posição, pois havia rumores de que Moises estaria tirando os Hebreu do Egito para juntar-se a outros povos nômades e desta maneira invadir o Egito. O que acabou por originar a perseguição aos Hebreus tão logo sua saída do Egito.

6 comentários:

Anônimo disse...

isso me ajudou numa pesuisa do colegio mas nao pode copiar da net o professor disse por isso vcs podiam colocar coisas q nao pareçam da net moro???

bia disse...

tb me ajudou no trabalo da escola tb

Daniel Lopes e Manel Paiva disse...

Gostei muito e ajudou-me a fazer um trabalho para historia e tive boa nota xD

valter santos disse...

Gostei! Muito resumido porem, correto, que quiser saber mais ver na bíblia. vale apena!

Anônimo disse...

Boa noite! Contribuição para tua síntese: Moisés era filho de pai e mãe do povo hebreu. Como o faraó determinou a eliminação dos bebê hebreus, a mãe de Moisés o colocou dentro de um cesto e soltou o cesto no rio. O cesto foi levado pela água e foi encontrado pelas servas da princesa egípcia que adotou o bebê e o criou como filho.
Por isso, quando adulto ele libertou os hebreus do Egito, episódio conhecido como êxodo.

Anônimo disse...

obrigada me ajudou muito para a prova de historia q tem amanha na minha escola ... vc explicou num texto pequeno,mas ajudou a eu intender tudo..
obrigadaa
bjs