Samkya

Samkya literalmente significa número. Pensa a existência através de categorias numeráveis, os tattvas.

Suas principais obras são:
- Samkya-Sutra escrita por Kapila;
- Samkya-karila escrita por Ishvarakrishna

O universo é comporto por dois princípios:

Purusha – O indiferenciado, o observador, a testemunha.
Prakrti – Matriz e causa de todos os fenômenos existentes.

O Samkya é a base teórica da yoga tradicional. Define o objetivo a ser alcançado pelo yogue de maneira tal que a yoga fica desprovida de sentido ao não se conhecer os preceitos de Samkya.
Tara Michael em seu “Manual de Yoga” diz: “onde termina o Samkya começa o Yoga”.

Atribui-se a fundação do Samkya a Kapila, um santo semimítico, autoiluminado. Seu nome significa “o vermelho”, uma alusão aos seus poderes solares.

Kapila deve ter vivido antes do século III a.C, porém o texto clássico cuja autoria lhe é atribuída pertence a uma data muito posterior entre 1380 – 1450 de nossa era.

A obra Samkya-karika de Ishvarakrishna foi composta durante a metade do século V d.C..
É um sistema filosófico e não religioso, seu objetivo é chegar ao divino interno.
.

Nenhum comentário: